Qual o erro do Pai-nosso do padre Marcelo?

A paz do Cristo Libertador, irmãos!

Pra começar, já preciso dizer: NESSE POST E NESSE VÍDEO NÃO FALO MAL DO PADRE MARCELO, então, sem mimimi!

jesusnaodisseisso

Resolvi gravar esse vídeo que está logo abaixo a partir do momento em que cansei de ouvir alguns padres dizendo: “cantemos a oração que Jesus nos ensinou” e começarem a cantar essa versão do padre Marcelo Rossi que você encontra AQUI.

O que acontece? Provavelmente, o padre Marcelo ao escrever essa “versão” da oração mais conhecida do mundo, a compôs como uma ORAÇÃO DELE e não colocando essas palavras na boca de Jesus. Até aí, OK!

Colocar essas palavras na conta de Jesus é dizer que Ele não acredita na providência, nem na presença e nem na misericórdia de Deus Pai.

O ERRO

Mas porque, Robson? Simples! Essa composição diz 3 coisas quase que incompatíveis com a pregação de Jesus.

1 – Meu Pai do Céu eu quase me esqueci que o Seu amor vela por mim!

Mano! Quando é que foi que Jesus se sentiu largado pelo Pai a ponto de achar que Ele não mais zelava por sua vida? Me poupe, né? Isso é coisa nossa! Nós nos esquecemos do amor de Deus. Mas Jesus, não!

2 – O alimento deste dia dai-nos AGORA E SEMPRE!

AGORA e SEMPRE? Jesus ensina que pra cada dia há a sua providência e por isso na oração Ele nos diz: “o pão nosso de cada dia nos dai HOJE”. Assim deve ser: Deus dá o necessário pra hoje! Não dá mais, nem menos. Dá o que precisamos. Lembre-se: Ele nos conhece melhor que nós mesmos!

3 – E perdoai nossas ofensas de um MODO MAIOR COM QUE PERDOAMOS

Pronto! Aí tirou o nosso da reta e colocou tudo na conta de Deus Pai. Mas Jesus nos ensina: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará. Mas se não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai vos perdoará” (Mt 6, 14-15)

O VÍDEO

E aí. Ainda acha que está tudo certo em cantar essa música na Santa Missa como se fossem as palavras ensinadas pelo próprio Jesus?

Então, assista o vídeo e aproveite para curtir, compartilhar e se inscrever no canal!

Anúncios

Como se portar na internet?

Paz e fogo, galera! Firme?

O vídeo mais recente do #VlogRevolucionário é uma entrevista que fiz para o programa “A Arte da Vida” da qual sou produtor e repórter. O programa vai ao ar nas TVs Século 21 e Milícia da Imaculada.

Mas vamos para o que interessa! O entrevistado, o Irmão Darlei Zanon, da Congregação dos Padres e Irmãos Paulinos, é um estudioso da área da ciberteologia ou cibereclesiologia como ele chama. Essa entrevista aconteceu justamente num “Café Teológico” promovido pela Paulus e que tinha como temática “a Igreja Católica em tempos de rede”.

Nesse vídeo ele fala sobre a presença da Igreja na Web, sobre como devemos nos portar no ambiente digital e também como deve ser a nossa “contribuição” em assuntos polêmicos como aborto, ideologia de gênero, eutanásia, dentre outros.

Vale a pena assistir!

Se você faz parte de PASCOM, Ministério de Comunicação ou conhece alguém que acha que encher a sua timeline de GIFs brilhantes de Jesus, Maria e frases bíblicas é evangelizar, aproveite e mande esse vídeo, pois o conteúdo é muito valioso e nos ajuda a repensarmos a nossa presença nesse ambiente tão propício para evangelizar os batizados. #Play!

Um ano para celebrar Maria! #AnoMariano

anomariano1

A paz de Jesus e o Amor de Maria, galeraaaaaa!

Depois de celebrar este SENSACIONAAAAL Ano Santo da Misericórdia, a Igreja do Brasil é agora presenteada e convidada a celebrar um ano todo especial: o Ano Mariano Nacional.

Por conta dos trezentos anos da aparição da imagem de Nossa Senhora da Conceição nas águas do Rio Paraíba do Sul, a CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – proclamou o Ano Mariano que será celebrado do dia 12 de outubro de 2016 (Solenidade da Padroeira do Brasil) até o dia 11 de outubro de 2017, véspera do 300º aniversário da pesca milagrosa da imagem Aparecida.

Estando em nosso país, o Papa Francisco nos disse: “Deus ofereceu ao Brasil a Sua própria mãe”. Sendo assim, nesse ano somos convidados a nos unirmos àqueles três pescadores que acreditaram na fiel intercessão da Virgem Maria, vendo ali no Rio que estava vazio, uma grande e milagrosa quantidade de peixes.

Maria não faz milagres, mas como nas Bodas de Caná, ela quer interceder para que a nossa água improdutiva se torne saboroso e glorioso vinho de bênçãos e graças vindas do coração do próprio Jesus, Aquele a quem ela nos ensina sempre a obedecer. “Fazei o que Ele vos disser” (cf. Jo 2, 5) é o maior ensinamento da Virgem Mãe que nos acolhe e nos quer moldar em sua forma.

Durante esse tempo vou postar algumas dicas, vídeos lá no canal, dicas e resenhas de livros, orações, eventos e tudo o mais que diz respeito a esse ano todo dedicado à nossa Mãe.

Aproveita e já assiste esses vídeos que já gravei sobre Nossa Senhora:

Salve Maria, Rainha e Padroeira do Brasil!
Celebremos com gratidão esse Ano Mariano Nacional!

Tamu Juntu!