Qual o erro do Pai-nosso do padre Marcelo?

A paz do Cristo Libertador, irmãos!

Pra começar, já preciso dizer: NESSE POST E NESSE VÍDEO NÃO FALO MAL DO PADRE MARCELO, então, sem mimimi!

jesusnaodisseisso

Resolvi gravar esse vídeo que está logo abaixo a partir do momento em que cansei de ouvir alguns padres dizendo: “cantemos a oração que Jesus nos ensinou” e começarem a cantar essa versão do padre Marcelo Rossi que você encontra AQUI.

O que acontece? Provavelmente, o padre Marcelo ao escrever essa “versão” da oração mais conhecida do mundo, a compôs como uma ORAÇÃO DELE e não colocando essas palavras na boca de Jesus. Até aí, OK!

Colocar essas palavras na conta de Jesus é dizer que Ele não acredita na providência, nem na presença e nem na misericórdia de Deus Pai.

O ERRO

Mas porque, Robson? Simples! Essa composição diz 3 coisas quase que incompatíveis com a pregação de Jesus.

1 – Meu Pai do Céu eu quase me esqueci que o Seu amor vela por mim!

Mano! Quando é que foi que Jesus se sentiu largado pelo Pai a ponto de achar que Ele não mais zelava por sua vida? Me poupe, né? Isso é coisa nossa! Nós nos esquecemos do amor de Deus. Mas Jesus, não!

2 – O alimento deste dia dai-nos AGORA E SEMPRE!

AGORA e SEMPRE? Jesus ensina que pra cada dia há a sua providência e por isso na oração Ele nos diz: “o pão nosso de cada dia nos dai HOJE”. Assim deve ser: Deus dá o necessário pra hoje! Não dá mais, nem menos. Dá o que precisamos. Lembre-se: Ele nos conhece melhor que nós mesmos!

3 – E perdoai nossas ofensas de um MODO MAIOR COM QUE PERDOAMOS

Pronto! Aí tirou o nosso da reta e colocou tudo na conta de Deus Pai. Mas Jesus nos ensina: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará. Mas se não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai vos perdoará” (Mt 6, 14-15)

O VÍDEO

E aí. Ainda acha que está tudo certo em cantar essa música na Santa Missa como se fossem as palavras ensinadas pelo próprio Jesus?

Então, assista o vídeo e aproveite para curtir, compartilhar e se inscrever no canal!

Anúncios

Deserto: pra quem tenta, não pra quem quer!

FogoCRUZADO

Paz e fogo, irmãos!

Chegamos ao tempo da quaresma, tempo propício pra nos encontrarmos com o Senhor. Passado vários domingos do tempo comum em que vimos o Cristo realizando tantos milagres e expulsando tantos demônios, é hora de nos encontrarmos com o Cristo que é Deus além dos grandes feitos.

Além de fazer, Ele é!

Nesse tempo quaresmal somos convidados a irmos com o Senhor até o deserto, local onde não há nada: não há alimento, não há água, não há sombra fresca pra relaxar. E é justamente aí, onde não há nada, que podemos nos encontrar – despojados – com Aquele que é o nosso tudo.

No deserto precisamos nos despir daquilo que é efêmero, pra nos encontrarmos com o Eterno. É preciso passar por esse deserto solitário para nos encontrarmos definitivamente com a Vida que vence a morte numa Cruz.

Mas olha, não basta querer! Tem que TENTAR! É ir, se arriscar, lutar e mesmo sem sentir muitas vezes, acreditar que o Senhor também está lá. No deserto nos encontramos também com o Cristo despojado que venceu as tentações. E venceu porque é Deus. Não é? Não! Venceu sendo um HOMEM DA PALAVRA, de coração voltado ao PAI e confiante nAquele que tudo pode.

No deserto de nossas vidas, também vencemos o tentador e as angústias, ao mostrarmos que temos um Deus que vai além do pão, do poder e da riqueza.

Escola de Luta

O deserto é uma grande escola de luta. Ou luta ou perde. Quem ao menos se dispõe a batalhar, encontra-se com um Deus que também sofreu, mas que foi até o fim.

Sendo homem, Jesus nos ensina: é possível vencer o deserto e nele crescer, se você estiver com o coração e olhos fixos nAquele que te chama!

E outra coisa: não tema ir para o deserto! Como diz a passagem que ouvimos no primeiro domingo da quaresma: “Naquele tempo, o Espírito levou Jesus para o deserto”.

Deixe o Espírito Santo te levar, guiar e amar no deserto! Talvez você não O sentirá, mas Ele não te deixará, pode ter certeza.

Clipe

Pra nos ajudar nessa meditação, o cantor Joel Clasen lançou o clipe da canção “Fogo Cruzado”, pertencente ao seu CD “Essência”. Nele, Joel traz a realidade: vencer não é pra quem quer, mas pra TENTA E LUTA. Assim também é no deserto: a boa vontade não ajuda se você não tem disposição para lutar!

É  pra quem tenta

Além disso, Joel traz em seu clipe, testemunhos de filhos da Comunidade Betânia (fundada pelo querido Padre Léo), que venceram as drogas, a violência e tantas outras situações desérticas.

Vale a pena assistir:

 

Uma playlist pra rezar com Deus Pai!

Acabou de sair uma playlist NOVINHA no Spotify, a “Rezando com Deus Pai!”

RezandoComDeusPai

São algumas músicas que me ajudaram e ajudam a rezar com o Pai TODO PODEROSO, mas infinitamente amoroso que me destruiu e reconstruiu em 3 dias!

Na audiência geral dessa quarta-feira (7), o Papa Francisco falou sobre essa relação com Deus Pai, como aquele “Abbá” do qual Jesus fala e nos ensina a nos relacionarmos. “Invocar Deus como ‘Pai’, nos coloca em relação de confiança com Ele, como uma criança que se dirige ao seu pai, sabendo ser amada e cuidada por ele (…) O mistério de Deus, que sempre nos fascina e nos faz sentir pequenos, porém, não causa medo, não nos sufoca, não nos angustia”, frisou o Sumo Pontífice. 

Durante o RaioX, retiro promovido pela Comunidade Pantokrator, do qual já falei nesse texto aqui (clique pra ler), fui extremamente por esse Pai do Céu que me ama e que cuida de mim de tal forma que não sei o porquê sempre fui “distante” de Sua presença, sempre preferindo rezar a Jesus ou ao Espírito Santo.

Essas músicas que você pode escutar dando o #Play aqui embaixo, são uma grande ajuda para começar ou estreitar um relacionamento com Aquele que Jesus nos ensina a chamar, através do Seu Espírito, de Papai: