O poder do SIM!

opoderdosim

Que a paz do Cristo Libertador e o amor da Virgem Maria estejam sempre conosco! Você já imaginou o Céu e a Terra pararem esperando uma resposta sua? Simbolicamente, foi isso o que aconteceu no dia do anúncio do Arcanjo São Gabriel à Virgem Maria.

Deus quis precisar de uma “escada” para descer a Terra e assim nos ensinar a sermos gente de verdade, assim como fomos criados: à sua imagem e semelhança. Para que Deus viesse a nós, a “escada” não poderia ser qualquer uma, por isso, Deus preparou Mãe que fosse digna do Seu Filho e Nosso Senhor.

O Céu e a Terra deram um “stop” em espera do SIM que mudaria definitivamente a história da humanidade. Maria não hesitou em fazer a vontade dAquele a quem ela sempre amou devotamente.

O SIM de Maria foi além de um OK! O SIM de Maria foi um “Fiat”, Faça-se! Ela, de coração disponível, fez a vontade de Deus prontamente, sem questionamentos, sem colocar o seu “porém”, apenas perguntando como alguém extremamente pró-ativo: “Como isso acontecerá?”.

Aprendamos de Maria: quando Deus chamar e/ou pedir algo, respondamos: Sim, Senhor! Eu quero! Eu faço! Fiat!

Deus te abençoe!

 

Um ano para celebrar Maria! #AnoMariano

anomariano1

A paz de Jesus e o Amor de Maria, galeraaaaaa!

Depois de celebrar este SENSACIONAAAAL Ano Santo da Misericórdia, a Igreja do Brasil é agora presenteada e convidada a celebrar um ano todo especial: o Ano Mariano Nacional.

Por conta dos trezentos anos da aparição da imagem de Nossa Senhora da Conceição nas águas do Rio Paraíba do Sul, a CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – proclamou o Ano Mariano que será celebrado do dia 12 de outubro de 2016 (Solenidade da Padroeira do Brasil) até o dia 11 de outubro de 2017, véspera do 300º aniversário da pesca milagrosa da imagem Aparecida.

Estando em nosso país, o Papa Francisco nos disse: “Deus ofereceu ao Brasil a Sua própria mãe”. Sendo assim, nesse ano somos convidados a nos unirmos àqueles três pescadores que acreditaram na fiel intercessão da Virgem Maria, vendo ali no Rio que estava vazio, uma grande e milagrosa quantidade de peixes.

Maria não faz milagres, mas como nas Bodas de Caná, ela quer interceder para que a nossa água improdutiva se torne saboroso e glorioso vinho de bênçãos e graças vindas do coração do próprio Jesus, Aquele a quem ela nos ensina sempre a obedecer. “Fazei o que Ele vos disser” (cf. Jo 2, 5) é o maior ensinamento da Virgem Mãe que nos acolhe e nos quer moldar em sua forma.

Durante esse tempo vou postar algumas dicas, vídeos lá no canal, dicas e resenhas de livros, orações, eventos e tudo o mais que diz respeito a esse ano todo dedicado à nossa Mãe.

Aproveita e já assiste esses vídeos que já gravei sobre Nossa Senhora:

Salve Maria, Rainha e Padroeira do Brasil!
Celebremos com gratidão esse Ano Mariano Nacional!

Tamu Juntu!

Maria| A Imaculada Conceição no Catecismo da Igreja Católica

maeemestra

maepeb

Salve Maria!

Celebramos hoje a festa da Imaculada Conceição, Dogma proclamado em 1854. Um dogma é uma grande verdade de fé, que tem toda fundamentação em Deus e em Seus mistérios.

Muitos irmãos cristãos duvidam da concepção sem mancha de Nossa Senhora. Este dogma não diz respeito à concepção de Jesus e sim de Maria. Ela não é pura desde o nascimento de Jesus, mas sim, pura Antes, Durante e Após a concepção do Menino Deus. 

O Dogma da Imaculada Conceição de Maria refere-se à concepção da própria Mãe de Deus, preservada do pecado original desde antes do ventre de sua mãe, Santa Ana.

Veja o que o Catecismo da Igreja Católica diz sobre este título/dogma de Nossa Senhora:

492. Este esplendor de uma «santidade de todo singular», com que foi «enriquecida desde o primeiro instante da sua conceição» (141), vem-lhe totalmente de Cristo: foi «remida dum modo mais sublime, em atenção aos méritos de seu Filho» (142). Mais que toda e qualquer outra pessoa  criada, o Pai a «encheu de toda a espécie de bênçãos espirituais, nos céus, em Cristo» (Ef 1, 3).«N’Ele a escolheu antes da criação do mundo, para ser, na caridade, santa e irrepreensível na sua presença» (Ef 1, 4).

508. Na descendência de Eva, Deus escolheu a Virgem Maria para ser a Mãe do seu Filho. «Cheia de graça», ela é «o mais excelso fruto da Redenção» (182). Desde o primeiro instante da sua conceição, ela foi totalmente preservada imune da mancha do pecado original, e permaneceu pura de todo o pecado pessoal ao longo da vida.

510Maria permaneceu «Virgem ao conceber o seu Filho, Virgem ao dá-Lo à luz, Virgem grávida, Virgem fecunda, Virgem perpétua» (183); com todo o seu ser; ela é a «serva do Senhor» (Lc 1, 38).

511. A Virgem Maria «cooperou livremente, pela sua fé e obediência, na salvação dos homens» (184). Pronunciou o seu «fiat» – faça-se – «loco totius humanae naturae – em vez de toda a humanidade» (185): pela sua obediência, tornou-se a nova Eva, mãe dos vivos.

Iae, alguma dúvida?
Se sim, recorra ao seu Youcat, na pergunta 83!

Paz e Fogo!!!