Bora falar sobre Criatividade Católica?

18486362_668966276622510_6323740356374324463_n

Paz e fogo, galera!

Num mundo onde o “mais do mesmo” tem tomado conta, principalmente no que diz respeito a comunicação, precisamos nos questionar: ainda há algo de novo? Tem como ser criativo e sair do convencional?

Na evangelização: tem como criar sem sair daquilo que é a essência do Evangelho?

Inventar demais é perigoso, mas o Espírito Santo é Aquele que age de forma criativa e nos torna ousados, principalmente na evangelização. Falando nisso, no dia 15 de Julho (meu aniversário uhuuuu) vai rolar um Workshop sobre Criatividade Católica e eu conversei com o organizador, o Dieimerson Vieira, da Agência Rise, sobre esse assunto. Veja só:

BlogJR: Tem como ser criativo em algo tão antigo como a Igreja?

Dieimerson Vieira

Dieimerson Vieira

Dieimerson: A Igreja é antiga mas nunca deixou de ser inovadora. Podemos citar alguns casos que mudaram nossas vidas: O alfabeto, o microscópio, a bússola, dentre outros que foram descobertos por padres ou pessoas diretamente ligadas à Igreja. O que acontece é que com a globalização, as mudanças estão cada vez mais rápidas, e a Igreja não pode perder essa essência de inovação que sempre teve.

BlogJR: Como surgiu a ideia do Workshop?

Dieimerson: A ideia partiu de um insight meu enquanto fazia alguns estudos sobre criatividade. Eu pensei no seguinte: se existe tanto preparo no mundo corporativo e acadêmico ao redor da criatividade, porquê não preparar e formar criativos para fazer a diferença na Igreja? A partir dali comecei a estudar e conectar a Criatividade e a Igreja e descobri que elas sempre estiveram unidas, mas que agora haviam poucas pessoas tratando do tema. A partir daí fizemos a primeira edição, que foi um sucesso e agora estamos nos encaminhando para a terceira edição. O objetivo é fazer com que as pessoas redescubram o seu lado criativo. É uma experiência para todos, sem distinção de idade, movimento, etc.

BlogJR: Qual a fonte de inspiração e criatividade dos católicos?

Dieimerson: A maior fonte de inspiração é o Espírito Santo. Enquanto o mundo acredita em coincidências, devemos acreditar que o Espirito Santo nos capacita e nos mostra aquilo que é necessário para sermos criativos. O que diferencia a Criatividade Secular da Criatividade Católica é que devemos sempre ser obedientes aos ensinamentos da Santa Igreja Católica.

BlogJR: Porque juntar os criativos católicos numa troca de ideias?

Dieimerson: Existem algumas teses sobre criatividade, e uma muito interessante é a da conexão de pontos. Um católico criativo raramente conseguirá fazer algo efetivo sozinho, mas quando reunimos um grupo que tem objetivos em comum, grandes coisas tendem a acontecer, como já aconteceram em edições anteriores. Essa conexão de pontos, pensamentos e experiências é o diferencial (Mt 18,20).

461aa1e0-7dfe-47f4-94c6-aa99b95be781

BlogJR: O que esperar dessa edição do Workshop?

Dieimerson: As primeiras edições foram voltadas exclusivamente a Criatividade, mas nesta edição queremos ampliar os horizontes. Assuntos como ciberteologia e PNL são novos e potencialmente transformadores. Preparamos um lugar diferente que nos tire da zona de conforto e faça com que os participantes tenham uma experiência nova em suas vidas.

Bacana demais, não é? Eu estarei lá palestrando sobre “CIBERTEOLOGIA, pensando o Cristianismo em tempos de rede”. Quer saber mais e garantir sua vaga no Workshop? Acesse o link que está logo abaixo e aproveite o desconto do primeiro lote de vendas: https://www.sympla.com.br/workshop-criatividade-catolica-30__146937

Anúncios

Chamados a ser Sentinelas da Manhã

CapaSentinelas2

Paz e Fogo, juventude!

Mais do que um nome, uma música ou camiseta, ser “Sentinela da Manhã” é uma missão dada a nós por São João Paulo II, o Papa que acreditou na juventude e nos convocou para o protagonismo de um novo tempo: o tempo do Espírito!

O Sentinela é um soldado armado que se coloca próximo de um posto para o guardar, para prevenir de aproximação do inimigo. O Sentinela é aquele que vigia, preserva e vela por alguma coisa. No nosso caso, nossa missão diz respeito à Igreja que é nossa Mãe e Mestra.

Temos que guardar a Igreja, os tesouros da nossa fé, a dignidade humana. O Sentinela tem o dever de anunciar o Reino de Deus e de denunciar o pecado, o inferno, satanás e suas artimanhas.

Assista o vídeo e conheça um pouco mais da nossa missão!

Uhhhh é Sentinela! Paz e Fogo!

SocialMedia

Jovem Litúrgico| 5º Domingo do Tempo Comum por @janainanaspar

Ai de mim se eu não evangelizar!

Que bela frase pra iniciar o JL dessa semana né? Mais bonito ainda é iniciar essa semana colocando isso em prática. São Paulo nos mostra que devemos evangelizar, aconteça o que for. Não é preciso ter diploma universitário para servir. Não é preciso fazer concordar o sujeito e o verbo para se doar. Basta um coração cheio de graça, uma alma gerada pelo amor. Deus acredita em você, Ele mais do que qualquer um, sabe e sempre soube que você nasceu pra dar certo. É preciso ter ousadia de perguntar: Senhor, o que queres que eu faça? E dada a resposta de Deus, é preciso enfrentar tudo para fazer o que Ele diz. Pois Deus nunca pede nada que você não possa fazer. É fácil? É certo que não… mas a fé nos impulsiona. Tudo pode ser tirado de você, mas permanece a fé. Essa ninguém tira. Quem tem fé não perdeu nada, pois ela nos projeta quando estamos mais cansados e doloridos.

Foi essa fé que impulsionou o coração de Jesus a realizar muitas curas, entre elas a da sogra de Pedro. Não precisou que Pedro pedisse essa cura, pois talvez ele não faria isso… Mas Jesus não precisou de avisos, de pedidos para ir lá. Ele simplesmente o fez! Mas como Ele sabia? Obra do Espírito Santo! A sogra de Pedro nada questionou e começou a seguir Jesus imediatamente, reconheceu quem era o Mestre. Como isso aconteceu? Obra do Espírito Santo! Pense na quantidade de gente que apareceu pra Jesus curar. O evangelho é claro, “a cidade inteira se reuniu na frente da casa”! E depois de curar milhares de pessoas, Ele não parou, foi pra outras regiões fazer mais curas. Como Ele aguentou? Obra do Espírito Santo!

Na estrada da vida, muitos pararam pelo caminho, muitos pegaram atalhos…

E você sabe, se não sabe vou contar agora: Você é de Deus, e já não se pertence mais!

Desde o ventre, você foi consagrado. O porque, você já sabe, mas eu vou dizer. Obra do Espírito Santo! Não se canse de dizer isso. Nada pode parar um verdadeiro ungido. Que o Espírito Santo de Deus encontre sempre livre acesso para se mover em você! Assuma o compromisso: Ai de mim se eu não evangelizar…

Uma ótima e abençoada semana.

Paz e Bênçãos,
Janaína.