Uma lista de AMIGOS!

Paz e fogo, galera! Bora falar de amizade? Sei que esse é um tema recorrente, mas ele tem mexido comigo nos últimos tempos. Quer dizer, nos últimos dias mesmo.

los-amigos-se-preocupan-por-ti.jpg

Tive que fazer uma atividade da formação vocacional da Comunidade da qual eu participo. Nessa atividade, uma das questões me pedia para listar meus amigos de dentro e de fora da Comunidade. Logo pensei: vai ser fácil. Fácil mesmo.

Ps: sempre vai parecer fácil listar os amigos que temos. Mas aí é necessário olhar através de outros óculos. No meu caso, através dos óculos do carisma da CACL, carisma esse que me exige VERDADE.

Voltando: Comecei a listar e vi que podia contar nos dedos das mãos e de um pé os amigos que tenho. E olhe lá! Mas esses que listei, estão na lista por ótimos motivos, dentre eles, a VERDADE. Percebi que amigos mesmo são aqueles que não se escandalizam com a VERDADE da minha vida e que não têm medo de me deixar tocar em suas VERDADES que nem sempre são tão bonitas, cheirosas, brilhantes… assim como as minhas também na maioria das vezes não são.

Ps 2: muita gente lê a passagem do Eclesiástico 6, 14-17 que diz que “quem achou um amigo, encontrou um tesouro”, imaginando que nas amizades encontrarão apenas pérolas, ouro, prata… mas se esquecem que o maior tesouro que há no outro é a sua VERDADE e disposição de amar.

Voltando: Escrevi, então, o nome de pouquíssimas pessoas: meus irmãos de ministério de música (dentre eles, dois irmãos de sangue: o Dede e a Nana, e minha cunhada Cíntia), dois amigos do serviço (Plus e Calango) e alguns amigos da Comunidade. Dentre esses, alguns que não tiveram medo de chegar, confiar a mim suas dores mais profundas e até seus pecados, acreditando que eu poderia ajudá-los de alguma forma, nem se fosse só ouvindo. E assim aconteceu! Aconteceu também comigo: pude e posso partilhar com eles as minhas dores, angústias, alegrias, tristezas, esperanças, sonhos… sei que estarão comigo independente da distância ou do tempo que passamos juntos.

Ps 3: Encontrei tesouros! Alguns malacabados, mas preciosíssimos, cheios de vida, cheios de verdade, cheios de coragem.

Encerrando: com alegria hoje olho pra essa lista e com certeza posso dizer: não errei em nenhum nome que ali coloquei! Foram e são presentes de Deus. Outros virão? Claro! Depende muito mais de mim do que deles. Depende da minha abertura, da minha humildade, da minha postura…

Pronto! Escrevi tudo isso pra te dizer: Não tenha medo de SER e TER amigos! Olhe pra Jesus: Ele tinha poucos amigos, mas foi por um deles que Ele chorou, se compadeceu, se entristeceu pela morte…

Deus abençoe!
Paz e Misericórdia!

Amizade, dom de Deus!

“Um amigo fiel é um remédio de vida e imortalidade; quem teme ao Senhor, achará esse amigo” (Eclo 16, 6)

A amizade é um dom que nos aproxima de Deus! Vale a pena investir em amizades e deixar-se amar. Santa Catarina de Sena já dizia: “A amizade cuja fonte é Deus nunca se esgota”.

Palavra da Semana| O que os outros acham de mim tem valor?

palavradasemana

Paz e Fogo, juventude!

Faz tempo que não faço uma #PalavraDaSemana, não é? Pois é, estamos aqui. Hoje vamos tratar de um assunto bem bacana e que provavelmente você já tenha pensado: o que os outros acham de mim?

Somos humanos e gostamos de saber o que acham de nós. Não é? Se a opinião for boa, vamos nos vangloriar, achar que somos os bons, que podemos tudo, que temos algum valor… E realmente o temos.

Para isso, fiz uma experiência: perguntei no facebook o que os meus amigos da rede social acham de mim. Veja as respostas: 

fb1 fb2 fb3 fb4

Bom, algo muito perceptível é que as opiniões variam conforme a intimidade que se tem…

Uns me conhecem apenas pelo Facebook, então falam de minha missão, de meus posts; outros com quem convivo há pouco tempo, falam do pouco que conhecem, mas também da minha humanidade, dos meus defeitos; já os que me conhecem a muito tempo, têm a liberdade de brincar, de mandar a real, de falar sem medo, de testemunhar.

Que bom! Isso é muito bom! Mas e se por acaso alguém dissesse que sou ruim? Que sou um grande pecador? Que não presto? Que sou problemático? Seria mentira? Eu gostaria?

Quando temos amigos, colegas, parceiros de missão, geralmente temos a graça de ouvirmos alguém falando do nosso dom, da nossa amizade, do que é bom em nós… Pouquíssimos são os que falam a verdade quando essa pode nos ferir. Muita gente deve me achar insuportável, mas nunca tiveram coragem de me dizer isso. Quando dizemos a verdade, ajudamos o outro a crescer, a ser melhor, a se santificar.

Quanto mais a “intimidade” e maior o “conhecimento”, maior a coragem de, mesmo que doa, nos dizer e nos mostrar quem realmente somos ou quem temos sido. Com Deus é assim! Ele sabe tudo sobre nós, tudo mesmo e é o que realmente importa: O que Deus acha de nós!

Ele nos ama apesar de nós mesmos e por isso nos quer como amigos. Ele sabe nossas misérias, uma a uma, mas ao mesmo tempo conhece o nosso desejo de santidade, nosso anseio de céu.

“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai” (Jo 15, 15)

Jesus, o rosto da misericórdia do Pai, sempre nos deu a conhecer tudo o que era para conhecermos, tudo o que era necessário para que fossemos bons. Ele, por amor, quer ser nosso amigo. Por amor, não por merecimento nosso.

O que Ele acha, não vale a pena, vale a vida, porque foi dEle que viemos e é para Ele que voltaremos. Nascemos do coração de Deus e a nossa missão aqui na terra é dar frutos para um dia voltarmos para Sua santa morada.

Apesar de saber toda nossa podridão, Ele nos quer cada vez mais perto de seu coração. O que Ele acha? Que nós não somos casos perdidos, que nosso passado não nos condena e que somos ovelhas, as vezes desgarrada do seu rebanho, por conta do pecado, da vergonha, do medo… 

Rezemos: Jesus, rosto Divino do homem, rosto humano de Deus, olhai com bondade para os nossos corações, olhe com misericórdia para nossas misérias e nos ajude a viver o que nossos pais prometeram em nosso batismo e o que confirmamos em nossa Crisma. Através de seus sacramentos nos aproximamos de Ti e contamos com Sua intervenção em todas as áreas que o Senhor bem conhece em nossas vidas. Obrigado, Senhor, Deus-Amigo que me ama, consola e santifica.

Que Deus nos abençoe e nos ajude a sermos melhores!

O que você acha de Deus?

Paz!