Formação| Jesus em: a esmola, a oração e o jejum

Paz e Misericórdia, juventude!

Hoje, quarta-feira de cinzas, com o início da Quaresma, começamos de forma mais assídua a prática da esmola, da oração e do jejum. Ambos os exercícios nos aproximam de Jesus e nos ajudam a comungar também de Seu sofrimento.

A esmola nos leva a enxergar Jesus nos mais necessitados, naqueles que sofrem e assim ficam à margem da sociedade e também da vida da Igreja. Ao darmos uma esmola, damos ao próprio Jesus a chance de se alimentar, se agasalhar, se proteger.

A oração nos aproxima do próprio Deus que quer falar conosco, que quer nos perdoar e amar. Ele, presente na Palavra, nos Sacramentos e no íntimo do nosso coração quer estar próximo do nosso coração, no deserto da quaresma e na solidão do nosso quarto e do nosso íntimo.

O jejum nos livra da auto-suficiência e nos faz crer que dependemos apenas de Deus, de Sua divina misericórdia e santíssima providência. Só Deus basta! Ele não nos deixará faltar nada. Com o jejum, sofremos com Jesus a fome dos quarenta dias do deserto.

Mas… Como viver tudo isso? No evangelho desta quarta-feira (Mt 6,1-6.16-18), o próprio Jesus nos ensina como devemos nos comportar diante destas práticas penitenciais deste tempo propício para a conversão:

esmolaQuando deres esmola, não toques a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem elogiados pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua mão direita, de modo que a tua esmola fique oculta. E o teu Pai, que vê o que está oculto, te dará a recompensa. (Mt 6, 2-4)

oracao

Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta, e reza ao teu Pai que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa. (Mt 6, 5-6)

jejum2

Quando jejuardes, não fiqueis com o rosto triste como os hipócritas. Eles desfiguram o rosto, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo: eles já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que os homens não vejam que estás jejuando, mas somente teu Pai, que está oculto. E o teu Pai, que vê o que está escondido, te dará a recompensa” (Mt 6, 16-18)

Quer mais dicas de como viver este período especial da vida da Igreja? Confira os demais posts:

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s