Formação| Homens segundo o coração de Deus, por Adriano Gonçalves

Paz e fogo, galera! Acontece de 8 a 12 de Janeiro na Sede da Comunidade Canção Nova, o Acampamento Revolução Jesus, liderado pelos apresentadores do programa de mesmo nome. 

As pregações, em sua maioria, são voltados para o tema da Afetividade e Sexualidade e também na Teologia do Corpo, conjunto de catequeses do Beato João Paulo II sobre o tema. 

Sendo assim, trago a transcrição de uma das pregações que mais me tocou até agora: Homens segundo o coração de Deus, ministrada pelo Consagrado, Escritor e Apresentador Adriano Gonçalves.

Vale a pena ler até o fim!

Paz e Fogo!

1546230_10151897551569632_273166764_n

Eu vou falar sobre os homens segundo o coração de Deus. Até porque, nós merecemos que alguém fale de nós.

“Então disse Samuel a Saul: Procedeste nesciamente, e não guardaste o mandamento que o Senhor teu Deus te ordenou; porque agora o Senhor teria confirmado o teu reino sobre Israel para sempre; porém agora não subsistirá o teu reino; já tem buscado o Senhor para si um homem segundo o seu coração, e já lhe tem ordenado o Senhor, que seja capitão sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o Senhor te ordenou” (1Samuel 13,13-14). O medo fez Saul sair da vontade de Deus. 

Tudo aquilo que você faz, tomado pelo medo, o faz sair da vontade de Deus. Muitas vezes, nós homens somos cobrados pela mãe, pelo pai, por isso fazemos tudo errado, por causa do medo.

O Senhor iria confirmar para sempre o reino de Saul, mas o medo o fez com que ele perdesse para sempre a feliz vida que poderia ter.

O que seria o homem segundo o coração de Deus, de acordo com a vontade d’Ele? O que estava na cabeça de Deus quando criou Adão e Eva? Para que o homem? Para que Deus o fez? Todo homem tem uma missão. Qual é a sua?

Todo homem tem uma grande missão. Todo homem tem uma luta psicológica e espiritual. Nós homens temos a grande missão de fazer com que aqueles que o Senhor nos destinou cheguem até Ele. E a maior missão do homem é a de conduzir o povo para Jesus. 

Homem, mostre como deve ser essa condução até o Senhor! Todos nós fomos feitos para a luta, para a iniciativa de assumir a missão e levá-la até o fim. Quando Deus criou o homem, deu a ele coragem e força.

Eu quero mostrar a força que nós temos desde a concepção, pois já no ventre materno Deus nos amou e colocou essa força em nós. A mãe, quando tem um filho, é com ela que ele tem a primeira identificação, mas para que ele possa confirmar sua masculinidade, vai precisar se desligar um pouco dela; vai precisar de um pai para dizer: “É com ele que eu me pareço!” O homem é quem vai chamar o outro homem para fora, e este novo homem precisa ser confirmado, precisa olhar para a mãe e perceber que ele, como homem, não se identifica com ela, mas sim com o pai. 

Hoje, estamos vivendo a grande crise da masculinidade. Sabe por quê? Porque estamos perdendo a grande missão que Deus nos confiou. Será que você, homem, tem lutado? Será que você, professor, tem lutado, como educador, para ensinar caráter [aos alunos]? Hoje, no mundo, está faltando caráter. Poderíamos falar de tantas outras lutas que nós homens também temos! Um homem, segundo o coração de Deus, é aquele que não desiste, que vai até o fim em um relacionamento, no casamento.

Você tem a força de Deus dentro de você. Qual é a luta que hoje você tem travado? Neste fim de semana, vamos conhecer jovens corajosos, que vivem a castidade na Canção Nova.

Um aspecto da luta do homem é a batalha espiritual. Você, quando diz que “morre por uma mulher”, tem a coragem de “matar” o homem [dentro de você] que mata a pureza dela? Se, hoje, você não o “mata”, não vai ser no casamento que você vai ser capaz fazê-lo.

Para o mundo, o homem é visto como “o pegador”, aquele que “pega todas”, mas ao fazer isso não conquista nenhuma delas; as profaniza, e não as leva para Deus.

Um homem precisa olhar para Jesus e ver que Ele doou Sua vida por nós. Hoje, infelizmente, o mundo tem se mostrado tão compassivo que os homens não são capazes de controlar nem a sua sexualidade. Padre Jonas Abib, fundador da Canção Nova, diz: “Homem, está difícil, mas aguente firme!”. Uma mulher quer alguém que lhe demonstre segurança, por isso é preciso a iniciativa do homem. A mulher é chamada ao mistério e não à exposição.

Outra característica de todo homem é deixar uma história. Meu pai me ensinou muita coisa! Ele me ensinou que homem de verdade tem palavra, ele luta. Toda característica do homem é ter uma história para contar.

A presença de um pai garante ao filho autoconfiança, determinação e segurança. A ausência paterna, no entanto, diz que a possibilidade de a criança ter problemas na infância é muito grande; há o risco de mortalidade infantil quando recém-nascido. Claro que, se faltou o pai, aqui na Terra, você terá um Pai no Céu, pois você é filho de Deus. 

Hoje, você é um homem segundo o coração de Deus; amanhã, haverá pessoas que precisarão de você. Quando o homem tem a coragem de colocar-se diante da batalha e vai à luta pela sua família, pela sua casa, Deus já diz que ele é um guerreiro. A força dele vem de um Deus guerreiro, de um Deus forte!

Fonte: Canção Nova

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s