Mãe e Mestra| Ela é Theotókos, Mãe de Deus! #Youcat82

maeemestra

Salve Salve Juventude!

theo_tokosA Igreja, muito sabiamente, nos convida a celebrarmos no primeiro dia do ano a Festa de Maria, Mãe de Deus. Em grego, o título Mariano é conhecido como “Theotókos” (Θεοτόκος), mais utilizado nas Igrejas de Rito Oriental.

Celebrar a Mãe de Deus no primeiro dia do ano, é olhar para aquela que é tudo aquilo que queremos ser e ver que é possível sermos santos!

Sim! Queremos ser tudo aquilo que Maria Santíssima é: Santos, Puros, Amigos, Zelosos pelas coisas de Deus, Castos, Orantes, Suplicantes, Adoradores…

Celebrando a Doce Mãe de Deus, celebramos o amor de Deus por cada um de nós, amor esse que quis nos dar uma mãe como refúgio, amparo e perpétuo socorro. 

603181_388872711199565_13612371_nMaria é Mãe de Deus por que é Mãe de Jesus, mas muita gente não entende esse mistério divino. O Dogma da Maternidade de Maria (Concílio de Éfeso [431 d.C.]) proclama que Maria não é a mãe de Jesus apenas homem, mas também do Jesus, Filho do Pai e Segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Maria gerou em seu ventre, o Deus-Homem que veio para dar a vida pelo salvação do mundo.

Jesus é todo homem e todo Deus, sendo assim, Maria é Mãe de Deus feito homem! Para que isto fique claro, a liturgia deste dia 1º de Janeiro, ainda no tempo do natal, nos faz lembrar do Nascimento de Jesus (Lucas 2, 16-21):

Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino. Todos os que os ouviam admiravam-se das coisas que lhes contavam os pastores. Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração. Voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, e que estava de acordo com o que lhes fora dito. Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno.

Maria, a Rainha da Paz é a mãe do Príncipe da Paz, o próprio Deus que veio ao mundo – todo humano – só não no pecado, para restaurar a Paz e o Amor corrompidos com o Pecado Original.

youcat

Mas, o que o Catecismo Jovem  – Youcat – nos diz sobre essa nossa Verdade de Fé?

082 – Não é chocante chamar “mãe de Deus” a Maria?

Não. Quem chama mãe de Deus a Maria confessa que o seu Filho é Deus. [495, 509]

Quando os primeiros cristãos discutiam quem era Jesus, o termo theotokos (“geradora de Deus”) tornou-se sinal de reconhecimento da interpretação fidedigna da Sagrada Escritura: Maria não deu à luz simplesmente um ser humano, que após o nascimento se tivesse “tornado” Deus; o seu Filho era, já no ventre, o verdadeiro Filho de Deus. Esta questão, antes mesmo de ser um assunto mariológico, é novamente um  tema relacionado com o fato de Jesus ser simultaneamente verdadeiro homem e verdadeiro Deus.

É isso aê!
Vamos celebrar a Mãe de Deus!
Não deixe de participar da Santa Missa neste dia especial!

Siga-me no Twitter
@RobsonLandim

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s