Papo de Quinta| Vida Vocacional e Testemunhal #MêsDasVocações

Iae galera, paz e fogo!!!

Estamos terminando o mês de agosto, mês que a Igreja dedica às vocações. Vocação sacerdotal, laical, religiosa, matrimonial… nossa, são tantas as vocações, que acabamos ficando cada vez mais confusos, não é?

Independente de qual seja a nossa, uma vocação é pra vida toda, e essa deve ser canal de graças para o outro, já que quem assume uma vocação, assume um chamado e uma missão. Nossa primeira missão como vocacionados é dar testemunho daquilo que aprendemos em todo o nosso tempo de discipulado junto ao mestre.

Não importa qual é a nossa vocação, em qualquer um dos estados de vida somos chamados a viver a santidade, o amor, a castidade, a obediencia, a pobreza (material e/ou de espírito) e em especial a verdade, pois não adianta sermos, por exemplo, religiosos e não vivermos aquilo que é próprio da nossa vocação, levando a frente uma grande mentira e até mesmo nos frustrando, já que uma vocação acertada nos garante um futuro feliz.

O maior chamado de um vocacionado é a vida testemunhal, pois a pregação da palavra até pode converter alguns corações, mas o testemunho de vida e das bençãos que Deus realizou em nós arrasta multidões, portanto, não adianta sermos padres, leigos, freiras, freis, casados, solteiros, consagrados, se não damos testemunho de vida. Nossa vida vocacional é a mesma vida testemunhal, caminham lado a lado.

Não tem como desvincular essas duas realidades. Sou chamado a uma vocação e sendo vocacionado sou chamado a testemunhar. Minha vida, minha história, meus atos e meus pensamentos devem me remeter e remeter o meu próximo ao meu Mestre, Senhor e Deus, Jesus Cristo.

Veja o que nos diz o Youcat – Catecismo Jovem da Igreja Católica

[138] Cada cristão tem a missão de TESTEMUNHAR o EVANGELHO com a própria vida. Mas Deus percorre, com cada pessoa, um caminho próprio. A uns envia como leigos, para construírem o Reino de Deus no meio do mundo, numa família e com uma profissão; para isso, concede-lhes, no Batismo e na Confirmação, todos os dons do Espírito Santo necessários. A outros encarrega com o ministério pastoral, para guiar, ensinar e santificar o Seu povo; ninguém pode reclamar a si esta missão, pois é o próprio Senhor que os envia e dá, mediante o sacramento da Ordem, a Sua força divina para o caminho, para, no lugar de Cristo, atuar e celebrar os Sacramentos.

Vocação é igual bilhete único de estudante: pessoal e intransferível! Tudo o que é meu e seu está no coração de Deus preparado só e tão somente pra mim e pra você, individualmente.

Iae, está com dúvida ainda? Tá com medo de assumir? Não sabe qual é a sua?

Rezemos pedindo a intercessão de Nossa Senhora Mãe das Vocações!

Valeu! Paz e Fogo!

Anúncios

Um pensamento sobre “Papo de Quinta| Vida Vocacional e Testemunhal #MêsDasVocações

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s