Jovem Litúrgico| 12º Domingo do Tempo Comum

jovemliturgico

‘E vós, quem dizeis que Eu sou?’

Uma grande empresa de sapatos queria instalar suas lojas na Índia. Mas antes disso mandou dois representantes para estudar se realmente seria viável essa ideia, o Mário e o João.

Duas semanas depois, Mário liga entristecido: ‘Cancelem as confecções! Aqui ninguém usa sapatos. Esqueçam! Amanhã estarei voltando’.

No dia seguinte, bem cedinho, ligou João: ‘Redobrem as confecções! Aqui ninguém usa sapatos, ainda. Estou esperando por vocês’!

A liturgia de hoje nos mostra que embora nossa missão seja ‘coletiva’, nossas decisões e escolhas devem ser individuais. Exatamente. Tem coisas que ninguém, nem Deus, pode fazer por nós. Não que Ele não tenha poder para isso, evidentemente.

No Evangelho, Jesus pergunta o que andam falando por aí. Mas isso foi só pra começar o assunto, pra ver se os discípulos estavam bem informados. A pergunta mais importante vem em seguida: E VÓS, QUEM DIZEIS QUE EU SOU?

simon peter

É individual! Ninguém pode responder por você. Que gosto tem a melancia? Explique. Agora pergunte isso pra outra pessoa. Um dia, perguntaram á uma criança qual era o tamanho de Deus. Depois de pensar um tempinho, ela respondeu: “Deus é tão pequeno que cabe no meu coração e tão grande que nem meu avô consegue explicar”.

Quem é Jesus pra você?

A partir dessa resposta, podemos meditar também em como vemos o mundo. Se estamos olhando PARA as coisas e parando nelas, ou se estamos olhando ATRAVÉS das coisas.

Jesus encerra o Evangelho dizendo que quem quer segui-lo deve renunciar a si mesmo. Ah, e como isso é difícil! Ele ainda complementa falando que temos também que tomar a nossa cruz. Ele não fala que é só seguir Ele e tá tudo resolvido, como num passe de mágica. E ainda tem muita gente interesseira, fazendo de Deus uma grande aspirina que serve somente nas nossas dores de cabeça.

Mas no Evangelho de hoje, o Mestre mostra a verdade nua e crua; doa a quem doer. E isso é espetacular!  O Nazareno desde o início não nos diz que o caminho vai ser fácil. Ele apenas diz que vai valer a pena.

Agora, se você não tá muito a fim de tomar a sua cruz e quer as coisas fáceis, vai pro inferno! Lá é descida, num instantinho você chega. Ir pro Céu é mais difícil, é subida. Exige esforço e coragem.  A que e a quem você está disposto?

Uma ótima semana!

Paz e Bênçãos,
Janaína Naspar.

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s