Jovem Litúrgico| Ascensão de Jesus

jovemliturgico

“Homens da Galiléia, por que ficais aí a olhar para o céu?”

ascension_of_jesusQue alegria poder celebrar no dia de hoje a ascensão de Jesus e junto com ela, o dia das mães. Dia de festa em que geralmente almoçamos em família e então, por vezes, o dia das mães vira um pretexto pra dizer que se lembra da mãe, ou não. E na Ascensão, como é que os discípulos iriam vivenciar a lembrança de Jesus? Começamos nossa meditação com uma pergunta retirada da primeira leitura e é nela que vamos refletir hoje.

Quando estamos felizes demais, costumamos dizer que estamos “nas nuvens”, não é verdade? Ficamos a olhar para o Céu. Ora, mas não foi o próprio Cristo que nos mandou buscar as coisas do alto? Por que agora somos questionados por fazê-lo?

Somos chamados a olhar as aves do céu, e por que agora somos questionados como “atoas” que não fazem outra coisa, senão olhar para o céu?

Não podemos correr o risco de parar nas coisas. Isso é tão importante que, após a ascensão de Jesus, vieram dois homens de branco (provavelmente dois anjos), dar um chacoalhão nos discípulos.

Devemos ter, de fato, a cabeça lá no alto; mas os pés no chão.

Olhar para o Céu, mas lembrar de que os milagres acontecem quando a graça de Deus se encontra com um espírito puro e batalhador.

Se você não luta, não adianta ficar olhando pro Céu; porque a graça não vai cair na sua cabeça não. O máximo que pode cair é cocô de pombo! Ajuda-te e o Céu te ajudará. Temos que sair da nossa zona de conforto, pois aquilo que achamos “normal”, muitas vezes é cilada do encardido pra nós.

A ascensão do Senhor deve causar em nós o ardente desejo de seguir os ensinamentos deixados por Jesus. Não nas palavras apenas, mas nos atos. O Nazareno nos deu o exemplo, cabe a nós segui-los. Ou não. E esteja pronto pra guerra, caríssimo. Pois, ser cristão não é viver um mar de rosas. Tudo depende, porém, de onde você busca sua recompensa.

Olhe para o Céu, e sempre tente alcançar uma estrela. Não importa a distância que ela esteja ou os obstáculos que você vai ter que superar pra chegar até lá. A vida não tem pena de quem não luta. Busque o alto, mas não fique apenas olhando para o Céu. Lembre-se da veracidade do velho ditado: Deus ajuda quem cedo madruga…

Uma semana cheia de graças!

Paz e Bênçãos,
Janaína Naspar. 

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s