Jovem Litúrgico| 30º Domingo do Tempo Comum, por Janaina Nascimento

“Jesus, Filho de Davi; me cura, És o Santo de Israel…”

Mais um jovem litúrgico! Eaí… Bora meditar?

O Evangelho de hoje conta a história do jovem Bartimeu, podemos resumir nossa meditação em 3 perguntas básicas.

Bom, em primeiro lugar; Bartimeu, sendo cego, precisava de algum fator que lhe ajudasse a encontrar a cura. Então, ele OUVIU falar que Jesus ia passar. Aí está nossa primeira meditação: Quem você está ouvindo? Tenho certeza que a conversa por lá não estava tão bonita assim não… O pessoal devia tá descendo a lenha em Jesus, antes Dele chegar. Mas aí está o grande diferencial, o cego escutou tudo, mas guardou o que era bom. E isso deu a ele coragem de gritar.

Em segundo lugar, está o clamar do jovem: “Jesus, Filho de Davi, tem piedade de mim!”. Gritar uma vez é fácil… Porém, o grito de Bartimeu incomodou alguns, que o repreenderam. Mas ele não desistiu e gritou até chegar ao Nazareno. Eis a nossa segunda pergunta: Até onde vai nossa fé?

E em terceiro lugar, o cego dá um pulo e vai até o Mestre. Antes de curá-lo, Jesus faz uma pergunta espetacular. Observe que o pedido do cego é sincero e direto. Jesus nos pede a simplicidade, na pergunta que nunca imaginamos ouvir Dele: O QUE QUERES? Ora, o que aquele cego iria querer? O Nazareno mostra ali também que a condição física daquele jovem não era relevante para receber o milagre. O que realmente importava era o que Bartimeu tinha no coração. E sem pensar duas vezes ele respondeu: Senhor, que eu veja.

Medite nessas 3 perguntas e depois de respondê-las você chegará à nossa pergunta central: Qual a área da sua vida que está no “estilo Bartimeu”?

É importante ressaltar que depois de toda essa reflexão, percebemos que a cura física foi um pequeno detalhe nessa bela história de milagre. Aliás, foi uma consequência! Pois quando recebemos a cura espiritual e/ou a cura interior, a cura física vem logo em seguida.

Jesus de Nazaré; reaviva em nós a fé que há tempos foi se apagando. Incendeia o nosso coração derretendo todo lixo que pegamos do mundo e colocamos em volta dele. Abençoa também os nossos olhos, para que possamos não somente ver, mas enxergar. Queremos ter fé a tal ponto que através dela possamos enfrentar a tudo e todos e receber de Vós a cura que necessitamos.

Uma santa semana!

Paz e Bênçãos,

Janaína Naspar.

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s