Papo de Quinta| Unidade na diversidade

Bora bater um papo? 

Quero trazer à tona hoje, um problema que assola a vida de todo agente de pastoral, membro de movimento ou vocacionado de alguma comunidade ou congregação: as críticas dos outros.

Na semana passada tive um pequeno “debate” com uma pessoa de um outro movimento. Faço parte de um dos Movimentos Eclesiais mais criticados da Igreja, a Renovação Carismática Católica e não seria diferente em minha paróquia.

Essa pessoa de um outro movimento criticou, sem conhecer, duramente as práticas de fé da RCC e o nosso modo de ser Igreja. Claro que assumi uma postura de defesa e até fui grosseiro num dos posts do Facebook.

Depois disso, passei a meditar com algumas passagens bíblicas e falas de irmãos de caminhada sobre esse tema.

Ao falarmos de uma pastoral, movimento, nova comunidade ou congregação (que estão em unidade com a Santa Mãe Igreja), temos que lembrar, que antes de fazermos parte de um desses organismos, fazemos parte de uma mesma Igreja Católica Apostólica Romana.

Muitas vezes (nem todas, mas muitas) levantamos a bandeira do nosso grupo, abaixamos a bandeira de Cristo e da Igreja e fuzilamos a unidade tão pedida por nossos pastores. 

“Quando, entre vós, um diz: Eu sou de Paulo, e outro: Eu, de Apolo, não é isto modo de pensar totalmente humano? Pois que é Apolo? E que é Paulo? Simples servos, por cujo intermédio abraçastes a fé, e isto conforme a medida que o Senhor repartiu a cada um deles: eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fez crescer.” (I Cor 3, 4-6)

A passagem citada acima nos faz abrirmos os olhos e vermos o verdadeiro alvo e motivo de nossa caminhada: JESUS!

“Há diversidade de dons, mas um só Espírito. Os ministérios são diversos, mas um só é o Senhor. Há também diversas operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. A cada um é dada a manifestação do Espírito para proveito comum”. (I Cor 12,4-7)

Não importa se sou RCC, Schoenstatt, Cursilho, Canção Nova, PJ ou outro organismo eclesial, todos esses carismas foram suscitados pelo Espírito Santo, doador de todos os dons, para o bem da Igreja e crescimento da Comunidade dos cristãos. Se algo de errado acontece com esse movimento ou algum membro sai falando baboseiras por aí, a culpa não é do GRUPO em si e sim dos seus líderes e/ou participantes. Do mesmo modo acontece com a Igreja em geral: Ela é Santa! Quem erra, divide e peca somos nós, sua assembléia.

Temos que saber viver a unidade na diversidade, pois nossa Igreja é rica de diferentes carismas, que completam uns aos outros, tornando-nos uma Igreja completa, sem dever nada a nenhuma outra. 

Iae, bora fazer unidade? Somos o corpo de Cristo, se um membro do corpo falha, todo o corpo é prejudicado! Cresçamos em SANTIDADE!

Tamu Juntu! Paz e Fogo!

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s