Santo do Dia| Beato Pier Giorgio Frassati – Verso L’alto!!!

Pier Giorgio Frassati nasceu nos arredores de Turim (Itália) a 6 de Abril de 1901, de família rica: seu pai era embaixador da Itália na Alemanha, assim como diretor e proprietário do jor­nal La Stampa; a mãe era pintora. Infelizmente o casal não se dava muito bem, vivendo cada um a sua vida. Apesar de toda a abundância, Pier Giorgio  foi educado com austeridade e ele mesmo se impôs rigor, por exemplo, jejuando à risca na Quaresma. Foi educado num colégio dos Jesuítas e aí aprendeu a participar no Apostolado da Oração (rezava como quem respira e comunga­va diariamente, sendo também grande devoto de Maria a quem rezava diariamente o terço). Participava igualmente nas Confe­rências Vicentinas que lhe deram o ensejo de conhecer o mundo pobre, procurando ajudar os necessitados. Na Ação Católica desenvolveu o seu espírito apostólico, ardente e corajoso.

Era alegre e convivia com todos, rapazes e moças, mas mantendo sempre a dignidade e a pureza. Testemunha um colega: «Nunca o vi gracejar sobre temas de amor.» E outro: «Conseguia manter amizade sincera com as moças, sem a mí­nima sombra de leviandade.» Chegou a enamorar-se por uma jovem de grande beleza e simplicidade, mas não obtendo o consentimento da família, afastou-se dela, amargurado. Apesar do estudo, do apostolado e da oração, tinha ainda tempo para o desporto, sendo um grande desportista, sobretudo alpinista e esquiador (o painel da sua beatificação mostrava-o esquiando na neve das altas montanhas). Era também amante da arte, principalmente do teatro.

Faleceu a 4 de Julho de 1925, apenas com 24 anos, na vés­pera de concluir o curso de Engenharia de Minas. Na Igreja de Crocetta, que frequentava diariamente, pode ler-se numa lápide:

Pier Giorgio  Frassati, apóstolo da caridade. Aqui, na oração e união eucarística quotidiana conseguia luz e força para combater o bom combate, realizar o curso da vida e responder sereno à ines­perada chamada de Deus como bom soldado de Cristo. Recorda­ção e estímulo para os jovens.

Foi beatificado por João Paulo II a 20 de Maio de 1990, assistindo muitos jovens e membros da Acção Católica. O Papa dirigindo-se a eles, no final da cerimónia, disse:

“Caros jovens, convido-vos a imitar o exemplo do novo beato. Sa­bei também vós recolher-vos muitas vezes na oração e na medi­tação, com a Mãe do Redentor, para revigorardes a vossa fé e inspirardes no modelo de vida de Maria Santíssima o vosso serviço a Cristo e à Igreja.”

Fonte: Padre Alberto Gambarini

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s