Jovem Litúrgico| 6º Domingo da Páscoa

Como disse na semana passada, estamos em um mês marcadamente mariano.

A cada domingo somos chamados a meditar com Nossa Mãe Santíssima.

Que grande graça é poder celebrar o dia das Mães no dia de Nossa Senhora de Fátima! Presentão de Deus hein?!  E pra ficar melhor ainda, toda a liturgia de hoje vem falar daquilo que a Mãe de Deus é especialista e exemplo vivo: o amor. Deus preparou tudo pra que hoje fosse um dia dedicado realmente ás mães e á Mãe.

O Amor nasceu do ventre da Virgem Maria. Observe que dizer amor é o mesmo que dizer Jesus. Ora, Deus é amor. Portanto, Jesus, filho de Deus Pai; é amor. Afinal de contas, filho do amor é… o amor! E se você está achando que o texto está com expressões repetitivas, acostume-se.  Pois a liturgia toda de hoje é baseada nessa palavrinha mágica e santa.

Mágica porque com ela, o mal desaparece. Santa porque foi ela que levou o Nazareno a derramar até a última gota de sangue por nós.

A ordem então é “permanecei no amor”.

Se é permanecer, significa que já existia. O Mestre, não diz começai, diz permanecei.

Todos, sem exceção, amam. Alguns amam o pecado, outros a droga, outros ainda a prostituição. Mas nós, escolhemos amar a Deus. Amar a Deus é também amar aqueles que amam o pecado, as drogas…

Que coisa maluca né? Realmente, porque Deus sempre foge do comum. A matemática do Céu é diferente da nossa. 1+1 é 1! E se formos olhar a Igreja, 1+1+1+1…+1=1. Porém, ninguém é igual. Você é único e insubstituível.

Antes de você escolher servir Jesus, Ele já havia te escolhido. Por isso afirmo não como uma frase pronta que se diz a qualquer um, mas com autoridade: você é insubstituível nos planos de Deus. Pois não é apenas servo, mas amigo do Pai.

Senhor, nós vos pedimos pela intercessão poderosa de Maria, com o título de Nossa Senhora de Fátima; que possamos permanecer no amor. Principalmente nas situações mais difíceis. Que pela Tua graça, o nosso conhecimento limitado possa compreender a grandeza do AMOR. Mãezinha, queremos te entregar o tesouro precioso que Deus nos deu, nossa flor; nossa mãe. Maria Santíssima, assim como o Sol bailou nos céus de Fátima, mexa também com a nossa vida. E nos conduza ao nosso verdadeiro Sol, JESUS CRISTO – FONTE DE MISERICÓRDIA E AMOR.

Uma ótima semana!

Paz e Bênçãos,

Janaína.

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s