Jovem Litúrgico| 27º Domingo do Tempo Comum

A liturgia de hoje nos chama a arregaçar as mangas!

Veja bem, a graça de Deus precisa encontrar um sentinela. Não deixe a graça passar! Quantas e quantas vezes Jesus está ao nosso lado e nós não vemos porque estamos olhando pro lado errado. O único que pode batalhar para ser merecedor é você, ninguém mais. O dono da vinha, citado no Evangelho, fez uma belíssima preparação, mas entregou a terra para estranhos cuidarem. Tem gente que acha difícil começar algo, eu particularmente acho difícil continuar algo. Tá cheio de gente que começa alguma coisa, um curso, um namoro, uma missão. Ir em frente é mais complicado, exige persistência. E o que aconteceu com o dono da vinha? Ficou sem vinha! Quando entregamos aquilo que pertence a Deus, para o encardido, ele faz a festa! Fazer negócio com o mal é fácil, desfazer que é difícil… No inferno, a entrada é franca, mas a saída é cara!

Pare de ser bobo! Jesus já pagou para nos tirar do pecado, Ele derramou até a última gota de sangue por você. No entanto, o que fazemos para retribuir esse amor?

Assim nos fala a primeira leitura, a ingratidão da vinha. Deus castiga? Não. Deus não tira a cerca feita em volta de você para proteção, você mesmo tira. Deus não se afasta de você, é você que prefere a companhia medonha do encardido. Isso também é muito bem cantado pelo Dalvimar Gallo na música “Quando os anjos cantam”. Larga a mão de querer ser uva selvagem! Você é uva boa, mas o encardido quer nos fantasiar de pé de bananeira.

Não vos inquieteis com coisa alguma!

Sozinho você pode começar qualquer coisa. Mas persistir e continuar… só com Jesus!

Será que estamos vivendo ou apenas durando? Somos instrumentos de quem?

Nós somos o que fazemos. O que não se faz, não existe. Portanto, só existimos quando fazemos. Nos dias que não fazemos, apenas duramos. Faça o Reino de Deus acontecer nos corações. Não basta receber unção, deve-se transmitir unção a toda criatura.

Bendito seja Deus pela sua vida!

Uma semana na unção!

“Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador. Se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarda, me governa e ilumina. Amém”.

Paz e Bençãos,
Janaína Nascimento.

Siga a Janaína Nascimento do Twitter: @JanainaNaspar <<

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s