Palavra da Semana| Morrer para viver!

Bom Dia galera! Paz e fogo pra vcs! Hoje nós vamos meditar sobre o Evangelho da ultima quarta feira, 10, que está no Evangelho narrado por São João 12, 24-26 e você pode conferir, clicando aqui.

Morrer para viver, crescer e dar frutos! É isso que precisamos vivenciar todos os dias de nossas vidas, em especial neste mês, onde nossa Igreja celebra as vocações.

No Evangelho desta quarta feira (10), o próprio Jesus nos convida a sermos como sementes, que para nascerem e darem frutos, precisam morrer antes.

Estranho! Como é que eu posso morrer para viver???

Precisamos morrer para nós mesmos, morrer para as coisas do mundo (lembrando que aqui não estou dizendo do ‘mundo’ criado por Deus, mas das coisas que os ‘homens mundanos e maus’ têm a nos oferecer), e para nossas vontades, para que assim, possamos nascer para Deus, para as coisas do alto e para darmos bons frutos. Muitos frutos notáveis aos olhos de Deus e dos homens. Até porque aquele que tem medo de ‘perder’ sua vida a favor do reino de Deus, não ganhará sua ‘vida’ eterna no dia final.

É tão difícil falar e fazer tudo isso, não é? Morrermos para nossas vontades que são tantas e que se forem realizadas nos trarão tanta alegria e nos satisfarão, e o pior, nascer e viver para/na vontade de Deus que eu nem sei quais são…

Tudo isso é verdade! É muito difícil e complicado. Mas também é verdade que não temos noção do que será melhor para todos os aspectos e fatores de nossa vida a longo prazo. Mas Deus sabe o que é melhor pra você e o que satisfará sua alma e o seu coração a curto, médio e longo prazo.

Depois de assumirmos e nascermos para essa vida regada por Deus e de incansável busca pela essência, pelas coisas do alto, precisamos estar para sempre “Enraizados e fundados em Cristo, firmes na fé” (Tema da Jornada Mundial da Juventude – Madrid/Espanha 2011 – Col 2,7), para que não vacilemos ao nos depararmos com o homem velho que quer nos enganar e nos fazer voltar à vida velha regada a vontade própria.

Precisamos ter raízes, precisamos ter base, para que não caiamos em qualquer tempestade de maldades, medos, tentações ou para que não nos afoguemos num mar de lamentações ou no lamaçal do pecado. Só quem nos dá, só quem é para nós esta base, este sustendo, É Cristo Jesus, a Pedra Fundamental da Igreja, a Pedra Angular.

Devemos ser “Firmes na Fé”, não apenas na fé do “crer sem ver”, mas na fé pregada e sustentada por nossa Santa Mãe Igreja Católica Apostólica Romana. Devemos conhece-la, devemos estudar o Catecismo (CIC), devemos participar e praticar os sacramentos, em especial a Confissão e a Eucaristia.

Enfim, devemos amar nossa Igreja e ter por ela um amor ‘CQC’ (Custe o que custar) e defendê-la de corpo e alma!

Medite com a música – Serei Teu – do Missionário Shalom:

“Sim, deixo-me podar, deixo-me formar por Ti, esvazia-me. Ó vem, vem me modelar, desenhar Teu rosto em mim e pra sempre assim, serei Teu.” |Música Completa|

Tamu Juntu!
Paz e Fogo pra Ti!!!

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s