Palavra da Semana| Maria: A mulher que faz a vontade do Pai

https://dominnus.files.wordpress.com/2011/07/imaculadocora25c325a725c325a3odemaria.jpg?w=224Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Iae Galera! Paz e Fogo! E hoje quero desejar também de modo especial nessa edição da “Palavra da Semana”, que o amor de Maria esteja sempre contigo!

Sabe por que fiz questão de desejar o “amor de Maria” nesta edição? Porque vamos meditar hoje sobre o Evangelho desta terça feira (19), onde Jesus enquanto pregava foi visitado por Sua Mãe Maria e respondeu ao ser interrompido por um dos que estavam no lugar para avisar da chegada de Sua Mãe: “Todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.”

O Evangelho está em São Mateus 12, 46-50 (Clique para ler)

Já começo dizendo: Caraca… Como Jesus foi grosso com sua mãe, não é? Não, não é!

Nosso Senhor não foi grosso com Nossa Senhora. Se você prestou atenção no último versículo desse Evangelho, você percebeu a intensidade e o significado do que Jesus disse:

“Todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe.”

Maria foi aquela que em tudo fez a vontade do Pai que está nos céus. Maria é aquela que mesmo sem saber, mesmo com as limitações e leis do seu tempo, soube escolher a parte certa, soube escolher “a escolha de Deus”.

De maneira intrínseca, Jesus nos mostra Maria como exemplo perfeito, de discípula e missionária. Ela em tudo obedeceu, em tudo acolheu a voz do Senhor, em tudo seguiu “à risca” a vontade de Deus.

Muitos irmãos protestantes se utilizam desta palavra para dizerem que nem Jesus queria que Maria fosse tida como Mãe ou como “bendita entre todas as mulheres”, mas sim como uma mulher qualquer, como as que O seguia. O que sabemos que não é verdade.

Maria é a mulher que soube ouvir, acolher e colocar em prática a palavra do Senhor. Maria é a Terra boa onde à semente da palavra de Deus caiu e deu bons, ótimos frutos.

https://i0.wp.com/mariaemodestia.com/wp-content/uploads/2011/02/Nossa_Senhora_de_Guadalupe1.jpgEm outras passagens bíblicas Jesus chama sua e nossa Mãe de “Mulher”. Isso acontece nas Bodas de Caná (“Mulher minha hora ainda não chegou”) e no momento da Cruz (“Mulher, eis ai o Teu Filho). E também utilizando destas passagens bíblicas, nossos irmãos “separados” dizem que Jesus queria que sua Mãe fosse tratada como uma mulher qualquer, não como a “Santa Mãe de Deus”, não como “A Virgem Maria”…

No livro do Gênesis,  3,  14-15, Deus Pai cita também a palavra “Mulher”, como aquela que esmagará a cabeça da serpente e cuja descendência odiará o demônio e suas obras. Leia:

Então o Senhor Deus disse à serpente: “Porque fizeste isso, serás maldita entre todos os animais e feras dos campos; andarás de rastos sobre o teu ventre e comerás o pó todos os dias de tua vida.
Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça, e tu ferirás o calcanhar.” (Gen 3,14-15)

Essa “Mulher” do Gênesis 3 é Maria!

Maria não é chamada de “Mulher” por que é uma mulher qualquer e não tem importância no plano de Salvação e de amor de Deus por nós, mas porque o próprio Jesus trás a nós essa profecia. Maria é chamada de “Mulher”, porque Ela é a “Mulher” prometida pelo Pai. Maria é a Mulher do Gênesis 3, a Mulher prometida para esmagar a cabeça da serpente.

Por Eva o pecado entrou no mundo. Por Maria, a Salvação!

Ela é Co-redentora!

Por Eva o pecado não só entrou no mundo, mas o mundo se aproximou daquele que é o causador de todo o Pecado. Por Maria, o mundo teve e tem a oportunidade de se distanciar do inimigo de Deus, pois o próprio Senhor disse a serpente maligna: “Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça, e tu ferirás o calcanhar.”

Portanto, se te encherem falando que Maria é uma mulher qualquer, só diga uma coisa: “Foi por essa “Mulher” que a salvação entrou no mundo e é por essa “mulher” que nos afastamos do inimigo de Deus, pois ela é a Mulher do Gênesis 3!”

Rezemos juntos:

 “Imaculada do Espírito Santo pelo poder que o Eterno Pai te deu, sobre os anjos e arcanjos, enviai fileiras de anjos, com o chefe São Miguel Arcanjo, para livrar-nos do maligno e curar-nos. Amém.”

Paz e Fogo!

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s