Jovem Litúrgico| 15°Domingo do Tempo Comum‏

Hoje é um “dia verde” na Igreja, entenda o porque. Este é o tema da nossa campanha da fraternidade desse ano.

A natureza, assim como nós, também é obra de Deus. Hoje nossa meditação deve voltar-se á santidade e ao respeito.

O RESPEITO que devemos ter com a criação, que geme em dores de parto. E nós, se tivermos o mínimo de santidade, olhando o desrespeito, deveremos gemer interiormente; assim nos fala Deus através de São Paulo.

Desrespeitar a criação não é somente o cara que desmata uma floresta. Tem muito católico que comunga, prega, e maltrata animal por ai; tem muito católico que se diz ungido e desperdiça os recursos dados por Deus.

Ai daquele que assim fizer! Ai daquele que pensar que isso não é pecado…

Quem é fiel nas pequenas coisas, é também fiel nas grandes coisas.

A natureza é tão importante, que Deus para nos chamar atenção a SANTIDADE, usa de exemplos da natureza. A começar na 1° leitura: “…toda palavra que sair da sua boca, não voltará vazia, produzirá frutos, bons ou ruins…”. O salmo e a 2° leitura já anunciam o que virá no evangelho: A parábola do semeador!

Esse é um dos evangelhos mais longos, 23 versículos! Dá até um nó na cabeça da gente, com tanta informação boa assim. Mas o resumo de todo o evangelho e de toda a liturgia de hoje está no versículo 15: “Porque o coração deste povo se tornou insensível. Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos, nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure…”

Todos os fatos se devem a insensibilidade do nosso coração; o porque de Jesus falar em parábolas, o desrespeito a criação, e a pregação sem frutos.

Como já disse, a insensibilidade se deve a casca que criamos. Padre Antônio Vieira é claro em dizer que a pregação sem frutos é culpa do pregador. Assim também como a caminhada sem frutos. O diabo sabe que não pode mudar nossa condição de filhos de Deus, por isso quer distorcer a realidade. Ora, o que leva um jovem a se drogar? Pare de ser um papel higiênico do encardido, que os vossos olhos verdadeiramente vejam e vossos ouvidos realmente ouçam. Para produzir frutos, você deve ser 100% Jesus! Seja um cristão autentico e verdadeiro, sem deficiências ou manchas. Deficiente não é aquele a quem falta um braço ou perna, ou o que quer que seja; deficiente é aquele a quem falta amor. Quem tem ouvidos, que ouça.

Uma ótima semana!

Paz e Bênçãos,

Janaína Nascimento
Juventude São Luis Gonzaga 

Anúncios

Deixe o seu comentário. Ele é muito importante para o crescimento e amadurecimento de nossa missão. Deus o abençoe!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s