Propósitos quaresmais

quaresma.png

Quaresma é tempo de plantarmos nossa miséria na misericórdia do Senhor para assim colhermos frutos de vida e salvação!

Sendo assim, precisamos nos preparar bem para esse tempo frutuoso que a nossa Igreja nos propõe. A quaresma é um verdadeiro presente. Ela começa na Quarta-feira de Cinzas e termina na tarde da Quinta-Feira Santa, antes da Solenidade da Ceia do Senhor.

Nesse tempo seguimos no caminho “desértico” do Senhor. Ele, como nos conta o Evangelho, foi levado pelo Espírito Santo ao deserto, onde foi tentado, mas também onde nos deu ensinamentos valiosíssimos como: “nem só de pão vive o homem, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus” e “adorarás ao Senhor Teu Deus e só a Ele servirás”.

Para bem vivermos este tempo, além do tripé jejum, oração e esmola, podemos fazer um propósito de mudança radical, já que esse tempo também é para nós momento de verdadeira e potente metanóia.

Um irmão de comunidade, o Carlos Eduardo, iniciou sua mudança de vida a partir justamente de um propósito. Ele usava drogas (de todos os tipos) e estava deprimido por conta de tanta coisa que tinha acontecido em sua vida (morte da avó, fim de relacionamento, enfermidade). Após viver o carnaval da forma mais deplorável possível, ele firmou um propósito com Deus: “vou ficar 40 dias sem usar drogas ou beber”. E assim foi! Além disso, o propósito o ajudou a voltar para a Santa Missa, para o Grupo de Oração… desde aquele dia ele não tocou mais em drogas e hoje coordena a intercessão da Comunidade Cristo Libertador (logo menos o testemunho dele será transmitido no programa “Histórias em Oração” que eu produzo para a TV Canção Nova).

Você pode escolher algo que sabe que fará a diferença. Se for tirar algum alimento, ao fim da quaresma, doe a quantia que você não gastou. O mesmo vale para drogas, bebidas e outros vícios.

Você fazer o propósito de caminhar mais, rezar mais, trocar livros seculares por leitura espiritual, dentre tantas coisas, mas precisa ser algo que te ajude, em especial, a se aproximar do Senhor, conter seus impulsos, controlar suas paixões… 

Prepare-se desde já e se desarme para estar no deserto com o Senhor!

Bora para o deserto com o Senhor?

Ah! A Comunidade Shalom tem uma lista bem bacana de coisas que você pode fazer nessa quaresma (http://www.comshalom.org/40-propositos-para-a-quaresma/).

Lembrando:

  • Jejum é tirar comida!
  • Deixar de comer determinado alimento é abstinência!
  • Quarta-feira de cinzas é dia de JEJUM e Abstinência de carne vermelha
  • Sexta-feira Santa é dia de JEJUM

Deus te abençoe!
Santa quaresma!

 

Celibatário? Eu?

“Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda” (Mateus 19, 12)

Eu sou celibatário? Não e sim. Sim e não! hahaha

15085665_10211318552503530_3274122144577324872_n.jpgDesde criança nutro o desejo de ser inteiramente de Deus. Quando criança, porém, o desejo parecia maior. O fogo ardia mais. Hoje, talvez, por ser mais racional, tenha perdido um pouco desse fogo, mas não o desejo de ser de Deus e de Deus somente.

Mas como quero ser de Deus? Só dEle! Quero ser celibatário! Hoje sou vocacionado da Comunidade de Aliança Cristo Libertador (CACL), mas desde minha primeira experiência vocacional cresce em mim o desejo desce amor indiviso.

Você pode pensar: Robson, você é gordo e feio, assim é fácil. Ninguém te quer, tem que ser de Deus mesmo, Ele não rejeita nada e nem ninguém. Difícil é pra quem é bonito!

Puts! E não é que realmente já me disseram isso? Pois é! Já disseram!

 Mas se engana quem acha que isso interfere nas tentações, desejos… Não me faltou vontade. Muito menos oportunidade. Quem me conhece sabe muito bem do que estou falando.

15220069_10211328587234392_569734727126282744_n.jpgMas não é por isso que fiz essa opção. Apesar de não ser celibatário oficialmente pela Igreja, fiz essa escolha há muito tempo, como já relatei acima. Fiz a escolha de ser celibatário pela causa e por amor ao Reino de Deus.

Através dessa minha escolha pude experimentar muitas vezes o cuidado “exclusivo” de Deus: Ele dizendo claramente que estava comigo, que supria todas as minhas necessidades de carinho, de afeto, de amor… Que havia me escolhido e que me amava..

Também através do meu “SIM” a esse estado de vida, pude por diversas vezes experimentar a paternidade espiritual, cuidado de perto de tantos jovens que a mim confiaram suas vidas, histórias… Deus sempre me surpreendeu e nesse fim de semana não foi diferente.

Aqui no Vocacional da Cristo Libertador tivemos um trabalho em grupo sobre a vivência da castidade na vida de solteiro, namorados, casados e celibatários. E eu fiquei justamente no grupo que falaria sobre a castidade na vida de quem quer ser SÓ DE DEUS. Para realizar essa atividade tive que ouvir muitos testemunhos e ler várias coisas relacionadas ao assunto. A cada pessoa que falava mais me ardia ao coração… No fim da apresentação de hoje rezaram por mim e por mais dois irmãos que discernem para esse estado de vida. Ali eu pude ouvir Deus falando: não tenhas medo! Não vai te faltar nada!

Foi como um “meu filho, eu não desisti de você, não desista de mim“.

Agora, então, resta-me dizer: Eis-me aqui!

Deus te abençoe, meu irmão e minha irmã que lê esse texto!

Tamu Juntu!

#GeraçãoACORDI| Eu vi nascer uma nova geração!

Tudo ao meu redor era escuro e vazio,
Perdido eu estava e nada tinha mais sentido,
Longe eu procurei, outros amores eu busquei,
Busquei fora Aquilo que estava dentro de mim.
Conhecia o Amor somente em palavras,
Ele veio até mim e tudo mudou…
A alegria brotou, a tristeza se foi,
Tudo mudou, Te conheci, Senhor!
(Música: Lilian Blanda, Kayque, Kamila Maria, Gisllane)

artistas-da-misericordia-8Nesse novo ano, vamos falar muito sobre essa nova geração que tem agitado não só a juventude, mas todo o Movimento Aliança de Misericórdia, a Geração Acordi.

Acordi musical, Acordi como convocação, Acordi como missão de filhos amados de um Pai que nos criou para a liberdade!

Trabalhando na Aliança tenho a oportunidade de participar de momentos significativos do Movimento. Um desses foi o Congresso do Movimento Jovem de 2016. As pregações, a musicalidade, a empolgação da galera, os fortes momentos de oração, a conexão com a temática da Jornada Mundial da Juventude, dentre tantas outras coisas. Tudo dizia: esse encontro vai marcar muitas vidas!

Mas chegou a hora dos shows. Sábado à noite e o suspense: o que vem por aí? O cenário foi sendo montado: uma cama, uma gaiola, relógios… Logo pensei: vem por aí mais um teatro!

artistas-da-misericordia-7

Logo no início me arrependi desse pensamento! A cada canção, a cada fala, a cada dança o meu coração ia se enchendo de esperança, de alegria, de desejo de mudança, de desejo de liberdade. Era a Geração Acordi, nascida com os missionários na Casa de Formação Imaculada do Espírito Santo (IES), que agora atingia a mim e a outros tantos jovens.

Eu já tenho mais de 15 anos de caminhada, mas naquele momento eu ouvia o Senhor me dizendo: vamos recomeçar! Tudo precisa ser novo! Eu te chamo, a junto dessa nova geração, a se levantar como meu FILHO, nessa FAMÍLIA unida pela graça do batismo e assim, como PROFETA, despertar o meu povo para um novo tempo.

Chorei! Me arrepiei! Me uni àquela galera e disse para mim mesmo e me comprometi com o Senhor: SOU GERAÇÃO ACORDI!

Ainda naquele dia, após o musical, pude entrevistar a galera do Ministério Acordi (você pode conferir a entrevista no youtube.com/aliancamisericordia) e eles deixaram muito claro: a Geração Acordi é muito mais do que um grupo musical: “é a expressão de um novo modo de ser e de viver à luz da experiência do amor do Pai” e isso é um chamamento para todos nós, sem exceção!

Para vivermos de forma eficaz essa Missão, a Geração Acordi tem três pilares/dimensões:

  1. Identidade (ser filho): cada pessoa é um “acorde”, uma nota musical preciosa, única, insubstituível, da linda canção de amor composta pelo Pai ao criar este mundo. Descobrir a própria identidade é o fundamento para realização plena da vida: Somos filhos amados do Pai! (cf. 1 Jo 3,1)
  2. Relação (ser família): a descoberta da filiação revela a beleza da fraternidade, somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai, formamos uma nova família no amor, chamados a viver “acordes num mesmo sentimento” (cf. Fl 2,2). As diferenças, divisões, discórdias são superadas dando lugar ao “Reino de Deus”, relações onde prevalece o respeito, diálogo, harmonia e justiça (cf. Rm 14,17).
  3. Anúncio (ser profeta): é o transbordar da experiência! Não é possível guardar para si tamanha alegria de ser amado e amar, de viver novas relações fundadas na bondade e ternura. Isto é o essencial que as pessoas mais anseiam e procuram mesmo sem saber. Por isso, a Geração Acordi quer “acordar” esta sociedade entorpecida pelo “príncipe deste mundo” (cf. Jo 12,31), desorientada e amedrontada, profetizando com ousadia que somente na acolhida confiante do amor misericordioso do Pai se encontra a força capaz de transformar a realidade.

E aí, vai colocar o despertador no “modo soneca” ou vai acordar de uma vez por todas? Deus quer contar com cada um de nós para despertar o mundo para o Amor e para a Verdade. Podemos contar com você?

Use #SouGeraçãoAcordi nas Redes Sociais e nos conte suas experiências com essa missão!

Robson Landim
Colaborador Aliança de Misericórdia

Texto escrito originalmente para a revista Aliança de Misericórdia
Fev/Mar de 2017