Eu sou da IMACULADA! #VR3

Paz e Fogo, juventude!

Estamos no mês dedicado à Virgem Maria, aquela que nos gera, forma, ama e educa. Mês propício para pedirmos, pelas mãos de Maria, a graça da conversão e da santidade.

13220939_10209597411796088_4720754632352542335_n

Ser da Imaculada corresponde a uma verdadeira e poderosa mudança de vida. Não dá pra ser de Maria e permanecer no pecado. É preciso mudar! Maria não se agrada dos falsos devotos!

Mas aqui queremos falar em especial da graça de termos Maria como Mãe, graça essa que nos foi dada por Jesus no momento de Sua Paixão e Morte, como nos relata o Evangelho. São João Maria Vianney, o Cura D’ars, já dizia: “Jesus Cristo, dando a nós tudo o que poderia nos dar, nos fez herdeiros daquilo que tinha de mais precioso: a Sua mãe”.

Vamos juntos meditar sobre essa realidade de amor e santidade?

Tenha a certeza de uma coisa: ONDE MARIA PÕE A MÃO, O DIABO NÃO PÕE A PATA! Deus abençoe!

Ah! Não se esqueça de se inscrever em nosso canal!
CLIQUE AQUI
www.youtube.com/c/VlogRevolucionário

Não mereço! Me envergonho! Remorso x Arrependimento #VR2

13173089_10209493424676475_7237708513350674615_o

Paz e Fogo, juventude!
Está no ar o segundo vídeo do #vlogREVOLUCIONÁRIO!

Dessa vez o assunto fala forte ao nosso coração porque, independente de religião, cor, condição social ou qualquer outra coisa, todos nós já passamos por isso.

REMORSO X ARREPENDIMENTO. Qual é a diferença? O que é bom para mim? Como me arrepender e porque me arrepender?

No vídeo dou o exemplo de São Pedro e Judas Iscariotes. Ambos foram escolhidos por Jesus, caminharam, rezaram e festejaram com Ele, mas também o traíram e negaram. Jesus, o rosto da misericórdia podia e com certeza perdoaria os dois, mas um teve apenas remorso e se tremeu de medo da misericórdia de Deus. Esse foi judas, aquele que traiu o Senhor por apenas 30 moedas de prata… Pedro também traiu o Senhor, negando-O com medo, mas se arrependeu, voltou e foi honesto com o Senhor: “Tu sabes tudo!”.

E você? Já teve remorso? Já se arrependeu? É tempo de misericórdia! Tempo de voltar para o Senhor, o Pai das Misericórdias.

Pra te ajudar a rezar proponho também no vídeo a música “Em Teu Santuário” da Comunidade Católica Colo de Deus que você confere logo aqui embaixo.

Dá o #Play e vamos juntos meditar! A misericórdia de Deus é pra todos!

Entronizado nos louvores, Tu estás
Neste lugar, neste lugar
Tu és a água que eu preciso
Pra me saciar, me saciar

Aos teus pés rendido estou
Em adoração, Senhor
Quebrantado, atraído, destruído por amor

Quem é esse Rei da glória?
Quem é esse Rei de amor?
Seu amor vale mais que a vida
Apaixonado estou

Contemplando Tua beleza
Contemplando Teu amor
Só uma coisa eu te peço
Vem nesse lugar!

Vem nesse lugar, vem nesse lugar!
Vem nesse lugar, vem nesse lugar!

Não mereço, me envergonho
Eu não posso, mas entrei
No Teu santuário, no Teu santuário!

(Em Teu Santuário | Colo de Deus)

Maria, simplesmente Mãe!

simplesmentemae

É maio, mês dedicado à Maria. É também mês das mães, aquelas que nos geram, educam, formam e amam.

Estando aos pés da Cruz, Maria escutou do próprio Jesus: “Mulher, eis aí o teu filho”. Naquele momento o apóstolo João, o mais amado, recebeu Maria em sua casa. De Jesus, João recebeu também a responsabilidade de amar, zelar e cuidar daquela que é a Bendita entre todas as mulheres, aquela que todas as gerações chamarão de bem-aventurada.

Também nós, pela ordem da graça, somos convidados a recebermos Maria em nossa casa, em nossa vida, em nossa família, em nossa realidade pessoal e a fazermos dela parte de nossa história.

A Maternidade de Maria – maternidade divina – é um dogma da Igreja Católica Apostólica Romana. Muitas vezes alguns irmãos separados vêm nos questionar sobre essa realidade tão própria de Nossa Senhora. Eles atestam que Maria é mãe de Jesus Homem e não de Jesus Deus, fazendo assim uma separação das naturezas de Cristo.

Nós católicos cremos que Jesus é 100% homem e 100% Deus. Ele viveu integralmente a nossa realidade – só não no pecado – e vive integralmente a mesma realidade que o Pai e o Espírito Santo, sendo Deus e Senhor. Vejamos se é difícil entender essa conta tão simples:

  • Jesus é Deus! Ok?
  • Maria é Mãe de Jesus! Ok?

Qual é o resultado? Maria é MÃE DE DEUS!

A Constituição Lumen Gentium afirma no parágrafo 53: “A Virgem Maria, que na Anunciação do anjo, recebeu o Verbo de Deus no coração e no corpo e trouxe ao mundo a Vida, é reconhecida e honrada como verdadeira Mãe de Deus e do Redentor”

O Deus que se fez carne quis precisar de uma família para realizar o seu plano de salvação. Hoje com a crise familiar querem até mesmo nos abster da utilização dos nomes “pai” e “mãe”, denominando-os assim como “genitor 1” e “genitor 2”. Isso é fruto da maligna ideologia de gênero. Mas enfim, Jesus mesmo não precisando, quis ter uma família e como toda família tradicional, é formada por um Pai e por uma Mãe. Para isso, Deus Pai em seu infinito amor e em sua infinita misericórdia, preparou desde sempre uma mãe que fosse digna de seu Filho.

Desde o antigo testamento os profetas falavam de Jesus, o Messias que libertaria o povo da escravidão do pecado. Maria também é “citada” como aquela que traria ao mundo, através de sua maternidade, o Salvador, o próprio Filho de Deus:

Por isso, o próprio Senhor vos dará um sinal: uma virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamará Deus Conosco” (Isaias 7, 14)

São Bernardo, grande mariano, escreve sobre o momento da anunciação e da expectativa no entorno do Fiat (faça-se) que faria de Maria a mãe do Redentor:

“Ó Virgem piedosa, o pobre Adão, expulso do paraíso com sua mísera descendência, implora a tua resposta. Implora-a Abraão, implora-a Davi; e os outros patriarcas, teus antepassados… suplicam esta resposta. Toda a humanidade, prostrada a teus pés, a aguarda. E não é sem razão, pois do teu consentimento depende o alívio dos infelizes, a redenção dos cativos, a libertação dos condenados, a salvação de todos os filhos e filhas de Adão, de toda a tua raça. Responde depressa, ó Virgem! Pronuncia, ó Senhora, a palavra esperada pela terra, pelos infernos e pelos céus. O próprio Rei e Senhor de todos, tanto quanto cobiçou a tua beleza, deseja agora a tua resposta afirmativa, porque por ela decidiu salvar o mundo. Agradaste a ele pelo silêncio, muito mais lhe agradarás pela palavra … Se tu lhe fizeres ouvir a tua voz, ele te fará ver a nossa salvação”.

Salve Maria!
Somos de Maria!

Já assistiu o primeiro vídeo do #VlogREVOLUCIONÁRIO? Não? Então [e só dar o #Play e conferir esse bate papo super bacana sobre modéstia, devoção mariana, sinais exteriores da consagração à Nossa Senhora e muito mais.